Shay Esterian

Direção e Produção


Formada em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (2019) e em Assistência de Direção pela AIC (2018), está no mercado de cinema e audiovisual desde 2013, passando por diversas áreas durante esta década. Atua como Diretora e Produtora, trabalhando atualmente em seu longa-metragem Amor Marginal (produção Caraduá e distribuição Olhar) e em seu terceiro curta-metragem, Chá, além de encabeçar o selo audiovisual Prisma, da produtora Caraduá. Possui experiência na direção de publicidades, institucionais,
vídeo-clipe e cinema, e foca a relação do ator com a câmera e técnicas para direção de não-atores.

Em 2019 realizou seu primeiro curta-metragem, o documentário Arquivo, retratando as histórias orais de sua família, estabelecendo uma conexão entre o passado e os impactos que ele exerce sobre o presente. Já em 2022 seu segundo curta-metragem, Conversa com o Vazio, é um trabalho com materiais de arquivo discutindo a Pandemia e a sua condição enquanto artista proletária. O filme teve sua estreia no Brasil durante a Mostra do Filme Livre – Especial Pandemia e também foi exibido internacionalmente no Festival First-Time Filmmaker Sessions.





PRISMA

Selo Audiovisual da Caraduá Produções

Atua como Diretora e Produtora da Prisma, selo que nasceu em 2019 como um projeto audiovisual alternativo entre cinco amigos que estudaram audiovisual e trabalhavam no mercado. Em 2023 a ideia sai do papel e se une à Caraduá, produtora com 13 anos de mercado e que abraça Cinema e Audiovisual. A Prisma se tornou o selo Audiovisual da empresa enquanto a produtora agora está destinada à Filmes e Materiais Seriados.

setima.art

Plataforma gratuita sobre cinema

O sétima teve seu início em 2020 durante a pandemia de Covid-19 focado em teoria cinematográfica. Com o tempo, espandiu para outras redes e cursos gratuitos. A plataforma, idealizada, construida e mantida por Shay, visa a livre divulgação de teoria do cinema e foca em todo o seu conteúdo (do site aos cursos) serem completamente gratuitos.

Foto retrato

Projetos como Demônios I, II e Prisma

Shay se relaciona com fotografia desde antes da faculdade e sempre teve interesse em retrato e autorretrato. Foi na faculdade que pôde ter mais contato com o mundo fotográfico e pouco a pouco construiu uma linha narrativa lúdica e que tem referências do mundo fantástico gótico.